8 de março de 2010

Por favor!


E é essa bendita saudade que faz me seguir, que me machuca demais.
Algo que você talvez nem imagine.
Depois daqueles sonhos então?! Sim, sim, tudo quanto parece o é.
Exatamente agora, com sua foto aqui, com seu cheiro longe, bem longe, é que sinto os dias se alongarem.
Emoções que nos servem para o sofrimento.
Na verdade, não servem, elas são os próprio sentimento.

Vê se me deixa em paz pensamento antigo.
Você tornou-se confiável o bastante, e agora o mais díficil é descer do trem...


Amor que não se explica e muito que ainda não se entende.
Meu perdão vem depois do seu.

2 comentários:

Frederico Guimarães disse...

A nostalgia é inevitavel, o sofrimento uma escolha, e ser feliz um ideal.
Mana, perfeito o texto e te adimiro a cada dia mais !

te adoro!!
beeeeijo!

NEZIO JALOTO - Miojo disse...

Bravo! Parabéns! A moça demora alguns dias a escrever, mas quando escreve, vem à toda né!? Difícil não se emocionar...

Postar um comentário

Sente-se, relaxe.