13 de abril de 2010

Pessoas

Há muito se esperava realizar o sonho dela.
Era só dela, ninguém precisava apoiá-la em nada, absolutamente em nada.
Um sentimento assim é que dá gosto de ver, como dizia vovó em épocas de criança, em épocas de biscoito e leituras.

Quando a razão move-se em direção contrária, bate uma dúvida de ação, de compaixão, de missão.
Tudo que restou daquele sorriso, do sonho e da cor amarela, está gravado no envelope.
Um envelope que eu não sei como chegou, mas eu sei que um dia sairá de onde está e chegará em tuas mãos.

Ali, encontra-se o destino.
=)



Saiba que onde quer que eu vá, quando digo que gosto de você é mais que o mundo inteiro!

2 comentários:

NEZIO JALOTO - Miojo disse...

Bravo!

Frederico Guimarães disse...

vc como sempre genial, profunda e certeira !
sua mente deve tá mesmo ligada a minha!

genial F¹ ! genial!

Love U!

Postar um comentário

Sente-se, relaxe.